ataldamarmita-comida-congelada-saudavel

Reeducação alimentar sem sofrimento

Fazer dieta não tem que ser sacrificante, tampouco nos privar de tudo que gostamos de comer. Melhor ainda é não chamar o seu projeto de dieta, e sim de reeducação alimentar, porque dieta implica em fazer restrições por um período de tempo, mas se alimentar de forma saudável e equilibrada deve ser um hábito para vida toda. Para tornar esta tarefa mais fácil temos algumas dicas:

Programe-se

Deixar pra decidir o que comer na última hora aumenta as chances de uma “escorregada”, nem sempre você vai encontrar opções saudáveis. Por isso uma boa ideia é separar o final da tarde de domingo para planejar a semana, organizar o almoço e os lanches que irá levar ao trabalho e também pensar nas opções de jantar. A Tal da marmita tem vários kits com marmitas saudáveis congeladas além de suco detox, salgados e doces fit que podem facilitar e muito sua vida se não conseguiu fazer este planejamento opte por um restaurante por quilo, onde poderá selecionar as quantidades, caso opte por um prato pronto evite comer mais do que o necessário, muitas vezes as porções de arroz  e feijão são muito maiores do que comeríamos normalmente.

Faça substituições para não se privar dos pratos que mais gosta

Adora comer massa? Substitua o macarrão tradicional por integral, se optou pela estratégia lowcarb o espaguete de abobrinha ao sugo ou uma lasanha de berinjela são ótimas opções.


E estrogonofe pode? Pode sim! Troque o ketchup por molho de tomate caseiro, opte por arroz integral e batatas assadas ao invés de fritas. Se deu vontade de comer uma pizza, atum é uma das opções mais leves.
Use sua criatividade para fazer trocas e experimentar coisas novas, uma “panqueca” enrolada na folha de couve fica uma delícia, usar fatias de abobrinha e berinjela para canapés no lugar das torradas também é gostoso.

Simplifique

Muita gente acha que para emagrecer é necessário comer alimentos muito diferentes, usar suplementos, cápsulas  etc. Mas na realidade é muito mais simples, a dupla alimentação adequada + exercícios é a única fórmula que funciona.


No café da manhã por exemplo ovos são uma alternativa rápida e barata. Arroz integral, legumes, frango, frutas, enfim comida de verdade. Não precisa gastar rios de dinheiro com produtos diet / light ou comidas exóticas para atingir seu objetivo, até porque não é algo sustentável a longo prazo, lembre-se que não adianta seguir por um tempo e parar, pois você irá perder todo o resultado alcançado. Por isso habitue-se a consumir alimentos que você tem acesso com facilidade e de bom custo x benefício, isso ajudará você chegar na reeducação alimentar.

Tenha moderação quando bater aquela vontade

Todo mundo tem aquele momento que sente uma vontade louca de comer alguma coisa que não deveria, alguns com doces, outros com pizza, bebidas alcóolicas etc.


Isso é normal, quando for irresistível se permita consumir o alimento que você está com muita vontade e não se culpe por isso.
Apenas tenha cuidado com as quantidades, pode comer uma porção de chocolate, mas não a barra inteira, o mesmo vale para pizza, 1 ou 2 pedaços ok, a pizza toda já é exagero.


Depois de matar a vontade retorne imediatamente a rotina, nada de pensar: Já comi chocolate, estraguei a dieta então vou enfiar o pé na jaca. O segredo é ter equilíbrio, não sentir culpa pois um pedaço de chocolate não vai estragar nada e seguir em frente conforme planejado.

Acima de tudo, sinta prazer na sua alimentação!

Sente a mesa para comer, não se alimente com pressa ou mexendo no celular, preste atenção no que você coloca dentro do seu corpo, torne o momento da refeição agradável. Use essas dicas e o seu projeto de reeducação alimentar será um sucesso.

Se gostou, conheça os demais textos!

______________________________________________________________________________

Sara Assumpção, Nutricionista consultora em Food Service e varejo alimentar, formada e pós-graduada em Padrões Gastronômicos pela Universidade Anhembi Morumbi. Responsável pelas receitas da A Tal da Marmita, completamente apaixonada por cozinhar e experimentar novos sabores! CRN3: 23919